Diego perdeu 5 dos 14 pênaltis que cobrou no Flamengo

A eliminação do Flamengo na Copa do Brasil teve a “contribuição” de Diego. O camisa 10 foi o primeiro a desperdiçar um pênalti contra o Athletico-PR, no Maracanã — uma cena que o torcedor se acostumou a ver. Desde que chegou ao rubro-negro, o meia perdeu 5 das 14 cobranças que fez.

O aproveitamento do capitão, até agora, é de 35%. Mas seus números se tornaram piores nesta temporada, quando ele errou três cobranças, depois de passar 2018 sem tropeços.

— A dor no peito está muito grande, não vou esconder, mas tenho que seguir em frente. Toda cobrança de pênalti é uma batalha entre o goleiro e o batedor. Assisti aos vídeos, assim como os goleiros também nos estudam, treinei exatamente igual. Ele vinha tomando as decisões sempre de sair antes. Não bati forte para ter precisão e cobrei alto para não bater na perna dele. Não foi cavadinha — explicou-se o camisa 10.

Na lista de pênaltis perdidos por Diego, estão duas cobranças decisivas. Em 2017, ele desperdiçou uma chance no 2 a 2 com o Palmeiras, na Ilha do Urubu, em confronto direto pelo Brasileirão. Naquele mesmo ano, falhou na final da Copa do Brasil, diante do Cruzeiro.

As 14 cobranças de pênalti de Diego no Flamengo
(Em negrito, os pênaltis perdidos)

Flamengo 2 x 0 Figueirense (2016)

Flamengo 3 x 0 Macaé (2017)

Flamengo 1 x 0 Vasco (2017)

Fluminense 3 (4×2) 3 Flamengo (2017)

Flamengo 2 x 2 Palmeiras (2017)

Cruzeiro 0 (5 x 3) 0 Flamengo (2017)

Flamengo 4 x 1 Bahia (2017)

Flamengo 3 x 0 Corinthians (2017)

Vitória 1 x 2 Flamengo (2017)

Flamengo 2 x 0 Chapecoense (2018)

Flamengo 2 x 1 Bangu (2019)

Flamengo 2 x 1 Bangu (2019)

Flamengo 2 x 1 Chapecoense (2019)

Flamengo 1 (1) x (3) 1 Athletico-PR (2019)