Final da Libertadores terá Fan Fest em Lima

A primeira final em jogo único de toda a história da Taça Libertadores, que será disputada no dia 23 de novembro em Lima, entre Flamengo e River Plate, terá uma Fan Fest na capital peruana, uma área de encontro para os torcedores com atividades recreativas antes da partida.

A novidade foi anunciada nesta segunda-feira pela Câmara Nacional de Turismo do Peru (Canatur) após uma reunião das principais associações turísticas do país com o Ministério do Comércio Exterior e Turismo, a Federação Peruana de Futebol (FPF) e a Conmebol.

A área para os torcedores não só oferecerá um programa de atividades, mas também permitirá que a final continue para aqueles que não tiverem acesso ao Estádio Monumental de Lima, de acordo com a principal associação de empresários de turismo do Peru.

A Canatur também previu que o governo criará a Casa Peru, um espaço de promoção cultural, turística e gastronômica do país para os milhares de torcedores do Flamengo e do River que visitarem Lima.

1,5 BILHÃO DE TELESPECTADORES.

O ministro de Comércio Exterior e Turismo do Peru, Edgar Vasquez, disse que o governo tentará usar a vitrine da final da Libertadores, cuja audiência potencial de televisão será de 1,5 bilhão de pessoas em 111 países, para divulgar a imagem do país.

“Este evento esportivo tem o apoio total do governo peruano. Vamos tentar aumentar esse alcance com o objetivo de atrair mais visitantes estrangeiros”, disse.

MAIS DE 30 MIL VISITANTES SÃO ESPERADOS.

O ministro lembrou que a final da Copa Sul-Americana, no último sábado, entre Independiente del Valle, do Equador, e Colón, da Argentina, atraiu cerca de 30 mil visitantes até Assunção e previu que esse número será ainda maior para a final da Libertadores em Lima.

A decisão seria inicialmente disputada no Estádio Nacional de Santiago, no Chile, mas a crise social no sul do país, com mais de três semanas de protestos e motins contínuos, obrigou a Conmebol a mudar o local da partida apenas três semanas antes de sua realização.