Flamengo entra com processo na Justiça contra a Globo

O Flamengo entrou no último dia 29 com um processo contra o Grupo Globo no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). O objeto da discussão entre as partes é o acordo que regula os direitos de transmissão e exibição dos jogos do clube no Campeonato Brasileiro, até 2024.

O Rubro-Negro cobra da emissora valores milionários que entende ser devidos. O LANCE! teve acesso aos autos da ação, aos contratos em discussão entre a Globo e o Flamengo, além de outros bastidores, e destrincha todo o cenário em uma série de reportagens especiais que será publicada ao longo desta sexta-feira.

A ação foi sorteada para a 36ª Vara Cível do TJRJ. No dia seguinte ao ajuizamento, o juiz Rossidelio Lopes da Fonte decretou segredo de justiça para o processo e determinou a marcação de audiência de conciliação entre as partes, mas na quarta-feira passada voltou atrás – Flamengo e Globo iriam se encontrar no tribunal pela primeira vez às 13h do próximo dia 4 de março. Sem conciliação, o magistrado deu o prazo de 15 dias úteis para a emissora oferecer contestação aos argumentos levantados pelo clube.

Este atrito entre Flamengo e Globo sobre o tema em questão surgiu há meses. No dia 22 de agosto de 2019, o clube enviou para a emissora uma “Notificação de Descumprimentos e Solicitação de Esclarecimentos relativos à Proposta de Cessão dos Direitos de Transmissão do Campeonato Brasileiro de Futebol – Série A, Temporadas de 2019 a 2024”. O Grupo Globo respondeu em ofício no dia 18 de setembro, e o Flamengo enviou novo ofício no dia 25 de setembro.