Flamengo fecha parceria que confirma interesse em lançar criptomoeda

O Flamengo fecha parceria que confirma interesse em lançar criptomoeda fan token. Na última sexta-feira (3), o clube anunciou que acertou as bases contratuais de um acordo de marketing com a Sócios.com. Esta é a maior empresa de fan tokens do mundo.

Flamengo fecha parceria que confirma interesse em lançar criptomoeda

Atualmente, a Sócios.com possui parceria com grandes clubes do mundo, como o Paris Saint-Germain, Manchester City, Barcelona, Inter de Milão, Milan e Arsenal. Esta empresa ainda possui acordo com a NFL e outras diversas organizações na América do Sul e um conjunto de franquias da NBA.

contrato com o novo patrocinador oficial vai até dezembro de 2025. Neste período, o clube terá direito a um valor mínimo garantido. Além disso, o Flamengo contará com um valor variável por desempenho. Neste último caso, dependerá da performance das vendas dos fan tokens rubro-negros.

Uma vez aprovado definitivamente o contrato, em votação em assembleia do Conselho Deliberativo do clube, o clube poderá receber a primeira parcela prevista no acordo — 10 dias após a aprovação.

Também foi informado que a Sócios.com ainda terá como contrapartida a exposição da marca na camisa de treino do time de futebol masculino profissional e no Manto de jogo do time feminino e das categorias de base.

Além disso, o novo patrocinador terá direito a um pacote de mídia na FlaTV e nas redes sociais do Flamengo, na escalação da equipa masculina profissional em dias de jogos e nas propriedades de posts de aniversário.

Flamengo fecha parceria que confirma interesse em lançar criptomoeda fan token

As fan tokens são criptomoedas que possibilitam que os torcedores participem em experiências do Flamengo. Isto acontece por meio do aplicativo parceiro, Socios.com.

Segundo o clube, ao adquirir a moeda digital, a pessoa poderá, por exemplo, votar em detalhes do uniforme do time ou na música que tocará no aquecimento pré-jogo ter acesso a serviços exclusivos, participar de experiências, entre outras possibilidades.

No Brasil, alguns clubes já vêm explorando opções no mercado de criptomoedas. O primeiro grande clube do país a lançar um token para os torcedores, atrelado ao Mecanismo de Solidariedade da Fifa.

Outros grandes clubes nacionais têm desenvolvido ações de inclusão ao mundo dos criptoativos. Como exemplo, está o Corinthians, Cruzeiro, Atlético Mineiro e Coritiba.