Flamengo perde disputa e vê sonho antigo fechar por duas temporadas com clube europeu

O Flamengo já viu um de seus objetivos no mercado de transferências ficar longe da Gávea para esta temporada. Segundo as informações divulgadas pela TV italiana Sky Sports, o zagueiro Cristián Zapata fechou contrato de dois anos para defender o time do Genoa no Campeonato Italiano. De saída do Milan após o final de seu vínculo, o colombiano de 32 anos permanecerá no futebol europeu neste momento.

Com isso, o principal alvo do Flamengo para reforçar a defesa nesta temporada vira o brasileiro Jemerson, que defende o Monaco. Os dois eram sonho a diretoria, como admitiu Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, em entrevista dada no clube há algumas semanas.

Além de Zapata e Jemerson, a diretoria do Flamengo monitorou também a situação do brasileiro Wallace, da Lazio. Conforme admitiu o próprio zagueiro de 24 anos, os dirigentes do clube carioca sondaram sua situação no futebol italiano.

“A princípio, foram só conversas por telefone. Não tem nada concreto, mas eles se informaram sobre meu salário. Estou sempre aberto a propostas, ainda mais quando se trata de Flamengo”, disse o zagueiro em entrevista ao portal Globoesporte.com, admitindo que repensaria seu desejo de permanecer na Europa caso uma boa oferta do Brasil surgisse.

“Como tenho contrato de dois anos com a Lazio, a prioridade é permanecer lá. Não dá para falar se vou voltar para o Brasil ou permanecer lá, hoje em dia o futebol é muito dinâmico. Então a gente tem que trabalhar com o que tem em mão, que no momento são os dois anos de contrato com a Lazio. Deixo nas mãos dos meus empresários, que são meus homens de confiança”, complementou.

Revelado pelo Cruzeiro em 2013, Wallace chegou à Europa no ano seguinte, quando foi negociado com o Braga, de Portugal. Logo em seguida, o defensor de agora 23 anos foi emprestado ao Monaco, da França, e chegou em 2016 à Lazio.