Flamengo sonda atacante venezuelano e não pensa mais em atacante do Grêmio

O Flamengo segue buscando um centroavante no mercado. Na Europa, onde terão reunião com o Filipe Luís nesta quarta-feira, os dirigentes Marcos Braz e Bruno Spindel colheram informações sobre o atacante venezuelano Salomón Rondón. O negócio, porém, não deve prosperar.

As informações são do comentarista dos canais ESPN Jorge Nicola, publicadas em seu blog no “Yahoo”. Também segundo ele, Diego Tardelli não está entre os nomes na pauta rubro-negra.

Rondón disputou a última temporada com a camisa do Newcastle, da Inglaterra, emprestado pelo West Bromwich, que está na segunda divisão inglesa. Seu destino, segundo a imprensa britânica, deve ser o Dalian Yifang, da China, que tem Rafa Benítez, ex-Newcastle, como técnico.

O jornal “Telegraph” informou, nesta semana, que os chineses sinalizaram que pagariam salários anuais de 8 milhões de euros (R$ 33,8 milhões), quase R$ 3 milhões mensais.

Já em relação a Tardelli, que tem situação indefinida no Grêmio e ainda pode atuar por outro clube no Campeonato Brasileiro, não há interesse do Flamengo. Até por que o jogador não poderia ser utilizado na Copa Libertadores, prioridade rubro-negra, por já ter defendido o time tricolor.