Gabigol quebra recorde e se torna o maior artilheiro do Flamengo no Século

Teve plaquinha, teve gol e teve recorde em volta Redonda. Gabigol se tornou o maior artilheiro do Flamengo no Século 21 com os dois gols marcados na vitória por 5 a 1 sobre o Madureira, nesta segunda-feira, pela oitava rodada do Carioca. Ainda no primeiro tempo, o camisa 9 foi às redes duas vezes e igual os 73 marcados por Renato Abreu.

Após a vitória sobre o Bangu, na última quinta, Gabriel já tinha postado nas redes sociais que “faltavam dois”. Não faltam mais. O atacante alcança a marca com 105 partidas e celebra:

– É incrível, fantástico, bater uma meta dessa com 24 anos, com pouco tempo de clube. Estou muito feliz no Flamengo, com os jogadores que eu jogo, cada dia tentando ser melhor, com o treinador que temos, a torcida que temos… Isso me motiva. Estou muito feliz e orgulhoso e espero bater mais recordes.
Líder do Carioca, o Flamengo agora tem a Supercopa do Brasil pela frente, domingo, às 11h (de Brasília), no Mané Garrincha, na Capital Federal. Gabigol falou sobre o que esperar do confronto com o Palmeiras e da sequência da temporada.

– Esse Flamengo tem casca. É um time campeão, que sabe jogar de várias formas. Creio eu que esse início de ano foi importante para treinarmos, evoluirmos. Acho que pode ser um ano ainda mais especial do que já aconteceu, individual e coletivamente. Nos motivamos muito no dia a dia para ser campeões, bater recordes e fazer o Rio de Janeiro feliz.

Dos 73 gols, São três marcados em três jogos na temporada 2021, 27 em 43 na de 2020 e 43 em 59 no histórico ano de 2019. Se levados em conta somente os gols em jogos oficiais, Gabigol já é o recordista, já que Renato Abreu balançou as redes uma vez em partida amistosa.

Renato fez 271 partidas pelo Flamengo em duas passagens, entre 2005 e 2005, e de 2010 a 2013. O ex-camisa 11 se aposentou no mesmo ano de 2013, após defender o Santos, e atualmente mora nos Estados Unidos.

Assista a entrevista com Gabigol após a goleada sobre o Madureira: