Ex-auxiliar de Pep Guardiola por 10 anos, o técnico catalão Domènec Torrent, demitido há duas semanas do Flamengo, ganhou elogios do treinador do Manchester City por sua passagem no clube carioca. Nesta sexta-feira, o espanhol disse que o compatriota “fez um bom trabalho”, mas foi prejudicado pela falta de tempo para treinar em meio à pandemia de Covid-19.

– Acho que Dome fez um bom trabalho em termos de resultados para um novo treinador que não teve tempo para treinar em meio à pandemia, mas a decisão foi tomada. A decisão é da diretoria do Flamengo. Sei que foi uma experiência incrível para ele, que foi e é muito grato pela oportunidade de viver no Brasil e disputar a Libertadores. Agora, é o momento de chegar a um acordo final com o clube e aguardar uma nova oportunidade – afirmou Pep, de contrato recém-renovado com o City até 2023.

Depois de trabalhar com Pep no Barcelona, Bayern de Munique e Manchester City, Dome decidiu se tornar treinador, em 2018, quando assumiu seu primeiro clube, o New York City, nos Estados Unidos. No fim de julho, foi contratado pelo Flamengo para substituir Jorge Jesus, mas deixou o comando após duas goleadas seguidas, 4 a 1 para o São Paulo e 4 a 0 para o Atlético-MG, na virada do primeiro turno do Brasileiro.

Em décimo lugar no Campeonato Inglês, com 12 pontos em sete jogos, o Manchester City visita o Tottenham neste sábado, ainda sem contar com o volante brasileiro Fernandinho, fora do time desde que se contundiu em outubro. Além dele, também desfalca o time o zagueiro Nathan Aké, que se machucou em ação pela seleção da Holanda na Liga das Nações.