Jorge Jesus chama atenção de Arão e aponta desequilíbrio no Fla: ‘Não temos segundo volante’

Na partida que marcou a estreia de Jorge de Jesus à frente do Flamengo, a equipe rubro-negra bateu o Madureira por 3 a 1, em jogo-treino disputado na manhã deste sábado, na Gávea. Logo após o apito final, o comandante português concedeu uma entrevista à “Fox Sports”, e avaliou o desempenho de seus comandados, apontando algumas carências do elenco.

Em uma rápida análise, Jesus expôs sua opinião sobre possíveis “inchaços” em algumas posições do elenco, como a zaga e a lateral direita. O português também falou sobre a carência de um segundo volante, afirmando que o Flamengo vai explorar a janela para equilibrar o elenco.

“Temos quatro laterais direitos, seis centrais (zagueiros), cinco primeiros volantes e praticamente não temos um segundo volante. Temos o Diego, que não é segundo volante, mas está fazendo bem a função. Vamos tentar equilibrar a equipe, aproveitar essa janela aberta para fazer isso”, falou.

Durante o jogo-treino, o treinador demonstrou insatisfação com o posicionamento de William Arão, um dos poucos jogadores do elenco que atuam na posição de segundo volante.

Confira um dos momentos em que Jesus chamou a atenção do camisa 5 do Fla.

Para a posição, o nome do meia Thiago Maia, do Lille, vem sendo especulado como possível reforço.