Lei do ex? Guerrero tem reencontro marcado com Flamengo após adeus conturbado

O feriado do Dia do Trabalhador vai ser de reencontro, mas só até a bola rolar. Depois, é cada um por si. Paolo Guerrero poderá rever seus ex-companheiros de clube no jogo entre Internacional e Flamengo, nesta quarta-feira, às 16h, no Beira-Rio. O peruano, hoje titular do Colorado, tem passagem marcada por altos e baixos no Rubro-Negro. Da parte dele, é dia da tal ‘Lei do Ex’. Caberá ao Flamengo evitar tomar gol de seu antigo jogador.

Curiosamente, a única vitória do Flamengo no Beira-Rio nos últimos 15 anos foi marcada por uma atuação memorável de Guerrero contra o Internacional. Era a estreia do peruano no time carioca, em 2015, e ele marcou o gol que abriu o caminho para a vitória. Desde então, o Flamengo não venceu mais no estádio.

Guerrero saiu do Flamengo para acertar com o Internacional em agosto do ano passado, após disputar a Copa do Mundo da Rússia por conta de uma liminar. O atacante caiu no doping e foi suspenso por um ano após uso de benzoilecgonina, substância encontrada nas folhas de coca. O Colorado acreditou em Guerrero, e parece que tem dado certo. Ele já disputou cinco jogos e marcou três gols desde o retorno aos gramados.

Deixou saudades? Willian Arão esquivou: “Aí o torcedor pode te responder. O que eu posso falar é que ele é um grande jogador, um grande companheiro de profissão. A gente sabia da importância que ele tinha pro time quando a gente tava apertado. Hoje a gente tem um jogador com características diferentes. Mas sem dúvidas, ele é um grande jogador”, disse o volante, ex-companheiro de Guerrero no FLamengo e no Corinthians.